Fale Conosco

O caso da falta de segurança fica cada vez mais grave na Paraíba. Hoje, o secretário chefe da Casa Civil, Lúcio Flávio, admitiu a convocação da Força Nacional, caso os policiais entrem em greve antes do carnaval.

O Governo pediu uma trégua de trinta dias para a apresentação de uma nova proposta, mas a comissão de greve não aceitou esse prazo, pois se sentem enganados pelo Governo e frustrados porque Ricardo Coutinho ainda não recebeu os representantes da categoria.

Fazer o que, diante do confronto  aberto entre os homens da Segurança e o Governador? Pela letra do artigo 142 da Constituição fica assegurado o direito de convocar as Forças Armadas para a garantia da lei e da ordem.

Essa convocação é o atestado de incompetência do Executivo Estadual em face a um simples problema. Imagina quando o problema for maior?

O Governador poderia criar coragem e receber a categoria para uma conversa de real entendimento ao invés de ficar mandando recado por intermediários. Mas, Ricardo faz “beicinho” enquanto o problema vai aumentado. Que venham as Forças Armadas.