Fale Conosco

Terminou na última sexta-feira, o RoboCup 2014, um dos maiores eventos internacionais de robótica, que fez de João Pessoa, no período de 19 a 25 de julho, a capital de uma tecnologia que, a cada ano, ocupa mais espaço no cenário mundial.

Estudantes e engenheiros de mais de 45 países estiveram por aqui para as competições distribuídas em diversas categorias: RobocupSoccer, RobocupRescue, RobocupHome e RobocupJunior. Os robôs são autônomos, trabalham sem a ação de controles externos, resultado de pesquisas fortes no campo da inteligência artificial. Além do ganho tecnológico e científico, a competição tem como mérito a participação de jovens que, desde cedo, entram em contato com esta ciência, não como meros usuários, mas como agentes em seu processo de desenvolvimento. Sem falar na importância do intercâmbio, para todos os participantes e para a cidade que entra para o circuito internacional de eventos.

Foram mais de 60.000 visitantes, entre alunos de escolas e interessados, que sem dúvida, foram tocados pela experiência, ao presenciar o que, de costume, só é visto em filmes de ficção científica.

A Paraíba, por sua vez, fez bonito e brilhou. A equipe formada por alunos dos 7º e 8º anos da Escola Municipal de Ensino Fundamental Apolônio Sales de Miranda, em Cruz das Armas, foi campão em uma nova modalidade, a Super Team, com seus robôs dançarinos e foram convidados para a Competição Latino-americana e Brasileira de Robótica, marcada para o mês de outubro, em São Paulo.