Fale Conosco

O senador Cícero Lucena (PSDB-PB) manifestou em Plenário, nestasegunda-feira (5), o seu apoio à luta policiais militares e civis e de bombeirosda Paraíba por reajuste salarial. De acordo com o senador, atualmente umsoldado, em seu estado, recebe cerca de R$ 1,3 mil mensais, que representaapenas 30% do que ganha o mesmo profissional em Sergipe.

Cícero Lucena lamentou a falta de sensibilidade do Governoda Paraíba e registrou o embate jurídico em torno da chamada PEC 300 daParaíba, que segundo ele não deve ser observada somente pelo viés político.”Deve ser observada como garantia dos direitos sociais dos profissionais desegurança, que estão a margem do investimento do Governo do Estado”, frisou.

-Seriam 18 meses para se aproximar ao que já é pago em Sergipe. No entanto,existe uma pergunta que não que calar: Se Sergipe tem condições de pagar,porque a Paraíba não tem? Isso chama-se decisão política! Prioridade deinvestimentos! – observou.

O senador chamou atenção para a sensação de insegurançavivida pelos paraibanos, de acordo com ele, o reflexo dessa falta desensibilidade do Governo do Estado está nas ruas. “Os policiais estão desmotivados.O paraibano sente-se inseguro” – disse, destacando o aumento, nos últimosmeses, do número de assaltos a agências bancárias, de explosões de caixaseletrônicos, incêndio de ônibus e de sequestros relâmpagos na Paraíba.

Lucena manifestou preocupação quanto ao aumento no número dehomicídios registrados no Estado, que pode viver o ano mais violento da suahistória. “Mantida a projeção do secretário de Segurança, 2011 será o ano maisviolento da história da Paraíba, os números oficiais de homicídios crescem demaneira assustadora. Nessa escala devemos chegar a 1.600 homicídios no final doano”, lamentou.

O senador também cobrou o cumprimento das promessas decampanha do governador na área de segurança pública. “Onde estão os 5 milhomens e mulheres que o governador prometeu contratar no seu programa eleitoral?E os concursados que prometeu contratar imediatamente? Onde estão as câmeras devídeo que o governador prometeu instalar por toda Paraíba?”, finalizou.