Fale Conosco

Essa tese não é minha e fui surpreendido hoje em uma roda de amigos com a fundamentação quase sem contraponto.

O candidato a prefeito de Ricardo Coutinho será Ruy Carneiro, do PSDB, um tertius capaz de isolar Cícero e tirar definitivamente o partido de um namoro com o PMDB em João Pessoa e Campina.

Todo mundo sabe que no ninho tucano só resta a Cícero a amizade de Ruy Carneiro e sabendo disso Ricardo vai movimentar as padras e, em tese, dar um xeque mate.

Diante da movimentação no sentido de Maranhão ser o candidato a prefeito e Lauremília a vice, só restaria ao governador o gesto inimaginável de sacrificar Agra em nome de uma tese que uniria todos contra Maranhão.

E Cícero? Isolado só restaria a ele se resignar e aceitar para não ser esmagado em uma convenção.

Soube que Ruy Carneiro já tomou conhecimento da tese e não desestimulou. Pensem bem: quem vai rejeitar um presente desses?

Seria uma jogada de mestre, mas esbarraria no ego de Ricardo e na resistência de Agra que, apesar de não ser político, gostou da cadeira e não vai querer largar o osso assim tão facilmente.

Por outro lado, Ricardo correria o risco de perder a hegemonia, pois o PSDB poderia conquistar duas prefeituras importantes, João Pessoa e Campina, e partir pra cima dele em 2014.

Se eu fosse Cícero chamava Ruy para uma conversa, olhava nos seus olhos e ainda usava um detector de mentiras.