Fale Conosco

Eu bem que sabia que a fase reservada da primeira dama da Paraíba, jornalista Pamela Bório, não duraria muito. Não é comum em pessoas que não medem esforços para alcançar postos altos, a discrição. A jornalista aproveitou a realização do Encontro Nordestino de Mulheres para o Desenvolvimento Econômico, para lançar o “1º Encontro Nordestino de Primeiras Damas”.

Os dois eventos acontecerão na Estação Ciência, nos dias 29 a 31 de março. Pâmela aproveitou as presenças da ministra Iriny Lopes (Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres) e da deputada federal Luiza Erundina (PSB-SP), que virão para o encontro de Desenvolvimento Econômico e vai lançar a moda desse encontro de primeiras damas.

Seria mais criativo e proveitoso se ela participasse de ações em cultura ou programas de desenvolvimento social, mas parece que ela acha que ser primeira dama é um cargo. E aí vai a pergunta: O que resolvem as primeiras damas? Quais assuntos elas teriam a tratar num encontro desse, qual o melhor corte de cabelo ou roupas da moda para usar nos eventos?

Se bem que se as dúvidas são essas, a primeira dama da Paraíba precisa de conselho mesmo. Mas isso ela consegue com um Personal Stylist, não precisa inventar um encontro específico. Vale ressaltar que ela melhorou muito desde a vitória de Ricardo. A mesada deve ter melhorado.

A respeito

Bório é um elemento químico da tabela periódica produzido artificialmente e na Alemanha foi usado por cientistas nucleares, mas os experimentos não foram levados adiante pelo poder de bombardeamento que o elemento é capaz, colocando em risco a vida de quem está por perto.

Não sei se esse nome é artístico, mas se é foi bem escolhido. Ricardo Coutinho que se cuide porque senão a candidata ao Governo da Paraíba nas próximas eleições é a primeira dama.