Fale Conosco

Como repórter eu já vi muitas vezes a Praça João Pessoa virar uma Praça de Guerra, mas é a primeira vez que vejo o a Praça de Guerra acontecer dentro do Palácio da Redenção.

Hoje o Governo Ricardo Coutinho perdeu o restinho de juízo que tinha e caiu definitivamente na vala comum dos déspotas que por aquele Palácio passaram e trataram os movimentos sociais com desprezo e violência.

Os professores invadirem o Palácio e ocuparem quase todos os espaços já era inusitado, mas faltava a mãozona da guarda pessoal do governador para melar de vez sua imagem.

Vi com estes olhos troca de sopapos entre policiais a paisana, estudantes e professores, agressões covardes a professoras e toda a truculência que um governo desgovernado é capaz de produzir.

Sinceramente, estou muito preocupado com o que poderá acontecer na Paraíba daqui pra frente. Temo por um banho de sangue a qualquer momento quando todos os insatisfeitos se juntarem e marcharem contra o Palácio.

Ricardo Coutinho precisa refletir que suas posturas chegaram a uma encruzilhada: ou negocia ou toca fogo nas ruas e aí eu não gostaria de escrever uma reportagem sobre o que é iminente.

O que este senhor sofreu na infância reflete patologicamente hoje em sua gestão.