Fale Conosco

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta terça-feira que “não consegue fazer nada” porque o Brasil está quebrado. Ele disse que queria mexer na tabela do Imposto de Renda (IR), mas “teve esse vírus potencializado pela mídia”. Bolsonaro falou a apoiadores no Palácio da Alvorada, após retornar de um recesso de oito dias na Baixada Santista, litoral de São Paulo, onde provocou diversas aglomerações.

“Chefe, o Brasil está quebrado, chefe. Eu não consigo fazer nada. Eu queria mexer na tabela do Imposto de Renda, teve esse vírus potencializado pela mídia que nós temos”, disse o presidente.

A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2021, sancionada por Bolsonaro na semana passada, estabelece como meta de resultado das contas públicas um rombo de até R$ 247,1 bilhões. Durante a campanha eleitoral de 2018, o presidente prometeu isentar o IR de quem ganha até R$ 5 mil. Hoje, o limite de isenção é de R$ 1.903,98. No fim de 2019, propôs uma elevação para R$ 3 mil.

Depois de ouvir um apoiador pedir que continue “fazendo o que está fazendo”, Bolsonaro disse que “vão ter de aguentá-lo” até 2022.

Na mesma conversa com os apoiadores, uma fã pediu um abraço ao presidente, que perguntou se ela “não tinha medo do vírus”. “A gente não tem medo da pandemia”, respondeu a mulher.

Ouça: