Fale Conosco

Estima-se que existam hoje mais de 30 mil servidores codificados em uma folha de mais de 305 milhões que ninguém sabe até quando o governador Ricardo Coutinho manterá em dia.

Hoje a Folha de São Paulo tocou na ferida e revelou para todo o Brasil o que nós

paraibanos já sabíamos e essa bomba relógio tem data e hora marcada para explodir. Poucos sabem quando. Mas que vai, vai.

Em crise, a máquina pública enfrentar dificuldades e não restará ao governador outra medida, a não ser demissão em massa.

A não ser que queira sacrificar os efetivos, atrasando toda a folha, o planejamento estratégico e obras essenciais.

Os codificados são fruto de acordos políticos, pagamento pelos votos conquistados em cada região. Não descontam as obrigação sociais e não gozam do direito a férias.

Acuado pela conjuntura econômica e o cenário adverso a frente, RC poderá promover um corte na folha ainda esse semestre.

É aquela história de escolher entre os anéis e os dedos.