Fale Conosco

O vereador reeleito Olimpio Oliveira, teve aprovado na sessão desta quinta-feira (10), da Câmara Municipal de Campina Grande (CMCG) três importantes projetos frutos de sua atuação parlamentar. O primeiro o Projeto de Lei nº 219/2020 trata da delimitação da área territorial da Feira Central da cidade; o segundo o Projeto de Lei nº 220/2020 na área de Meio Ambiente que garante a proibição do corte das árvores do canteiro central da Avenida Floriano Peixoto e por último o Projeto de Lei nº 221/2020 que destina incentivos fiscais para os protetores dos animais.

No tocante ao PL que trata da delimitação da área territorial da Feira Central, Olimpio destaca que a feira é uma área de preservação permanente, mas não tinha delimitado em Lei que espaço era esse. “A Feira Central de Campina Grande enfrenta um agressivo processo de degradação, fato que exige uma mobilização por parte de todos, para que possamos preservar o que resta do nosso maior patrimônio cultural e histórico”, comentou destacando que fica compreendida como área territorial da feira as seguintes ruas: I – Rua Dr. Antonio de Sá; II – Rua Manoel Farias Leite; III – Rua Deputado José Tavares; IV – Rua Manoel Pereira de Araújo; V – Rua Dr. Carlos Agra; VI – Rua Marcílio Dias; VII – Rua Capitão João de Sá; VIII – Rua Cristovão Colombo; e IX – Rua Pedro Álvares Cabral.

“Aprovamos também outra iniciativa importante que trata da proteção das árvores do canteiro central da Avenida Floriano Peixoto. Há um certo tempo a prefeitura tentou removê-las, para colocar ali um corredor de ônibus, nós impedimos e agora elas (árvores) terão proteção legal e não serão removidas”, disse Olimpio, por meio das suas redes sociais. Assista completo: https://youtu.be/UnnYLguVSjs

Por fim, a CMCG aprovou o projeto que Lei que destina incentivos fiscais para os protetores dos animais. “Você pode pagar seu IPTU ou ISS e destinar parte desse recurso para uma ONG de proteção animal que gasta muito e que agora vão ter esse apoio do governo municipal para continuar fazendo proteção animal em Campina”, afirmou.