Fale Conosco

Como dizia aquela música de Roberto e Erasmo, tudo que o prefeito Cartaxo quer fazer e faz por João Pessoa logo o governador e suas sombras dizem que é ilegal. Imoral ou engorda.

Cartaxo faz na Lagoa uma intervenção definitiva e nunca ousada por nenhum outro prefeito. Enciumado, RC manda disparar que houve superfaturamento, que não vai terminar e coisa e tal.

Agora o prefeito trafega na contramão dos aumentos e veta o reajuste dos transportes coletivos. Motivo de passeatas em todo o Brasil, esse é o sonho dos movimentos sociais  e realidade na Paraíba, mas logo vem o governador por via oblíquas botar gosto ruim na vitória popular.

RC faz espalhar que é demagogia, que é tudo combinado e que é uma decisão eleitoreira, como se só ele tivesse a capacidade de fazer alguma coisa pelo morador da Capital.

Se eu fosse Cartaxo andava com um terço no bolso, alho e sal grosso, pois tá sendo vítima de olho gordo – ou seria magro? – em tudo que faz.

Não à toa que o candidato do governador a prefeito da Capital já ta sendo chamado de João Azêdo, aquele que azeda tudo só com o olhar.