Fale Conosco

A troca de farpas entre Estela e Fulgêncio, provocada pelo governador Ricardo Coutinho quando disse que suas obras em João Pessoa estão sendo feitas com recursos próprios, escanteando Dilma e alfinetando Cartaxo, é apenas um aperitivo do embate reservado para o próximo ano.

Quando no discurso após a vitória RC disse que o PT e o PMDB vieram pra ele por flata de opção, deu a senha para o fato de que não tem compromisso com nenhuma das legendas para o pleito de prefeito.

Há até quem acredite no âmbito do PT na reciprocidade do governador, mas não cabem mais nem nos dedos da mão os que ainda insistem em subestimar a capacidade de não honrar compromisso do ex-militante do PT.

Na escola em que Ricardo estudou só aprendeu o venha nós, vosso reino, nada.

De forma que se quiser se reeleger o prefeito Luciano Cartaxo deve excluir o PSB de seus planos e inclui-lo no cenário como adversário, talvez o maior obstáculo à sua reeleição.

Ricardo cospe no prato que comeu e foi servido por Cartaxo e cuspirá, quando achar conveniente, no prato que Dilma lhe serve.

Cartaxo precisa só ser astuto e fechar a torneirinha lá em cima. E logo.