Fale Conosco

Não se pode fazer um planejamento estratégico macro na Capital sem levar em consideração o potencial do senador Cícero Lucena, aquele que foi ao segundo turno contra o atual prefeito Luciano Cartaxo.

Cartaxo venceu e tem a máquina na mão, além da vitrine de uma boa gestão para apresentar, mas Cícero também tem recall dos oitos anos que passou e fez a cidade avançar.

Aliás, devemos dizer que João Pessoa teve a sorte de em sua história ter sido tratada com muito carinho por gestores.

Damásio, Hermano Almeida, Oswaldo, os Braga, Chico Franca, Carlos Mangueira, Cícero, Ricardo, Agra e agora Luciano Cartaxo.

Por isso vejo na estratégia de Cássio de exclusão de Cícero da majoritária sem o devido carinho como um erro gravíssimo e irreversível.

Tão contaminado pela ilusão de sua liderança Cássio está que tem fechado os olhos para o óbvio ululante.

Cícero não foi à reunião do PSDB nacional e ao não ter comparecido talvez já tenha enviado o recado final.

O que vem por aí é muito pesado.