Notícias

O que há de emblemático na foto de Veneziano com Cartaxo e o telefonema atordoado de Walter Aguiar a pedido de RC

Anotem aí alguns nomes que podem disputar o governo na eleição que se aproxima. Avenzoar, pelo PSOL, Nadja Palitot, pelo PT, e major Fábio, pelo MD.

Além deles, anotem também Davi Lobão e Lurdes Sarmento.

Estou sendo suscinto no lead e sub lead para avançar rápido para esse parágrafo. A não ser pela hipótese de Nadja, todos os outros garante o segundo turno e justificam uma aliança já no primeiro turno do PT com o PMDB.

Anotem outra coisa: Lucélio Cartaxo não será mais candidato a deputado federal, mas sim a senador.

Com essa mudança de foco fica a vice liberada para Veneziano compor com o ex-prefeito Luciano Agra, que quer e tem repetido isso a vários interlocutores.

Cá pra nós, a foto tirada hoje no gabinete de Cartaxo é muito emblemática. O prefeito, que é gêmeo e a cara obviamente do irmão Lucélio, deu a primeira pista do que está para acontecer nos próximos meses.

Espero que da próxima vez Agra esteja no mesmo enquadramento, pois aí a chapa estará completa.

EM TEMPO: Reflexo desses encontros soube que Walter Aguiar ligou nervoso para um capa preta do PT e disse-lhe: “a conjuntura vai mudar, Eduardo Campos não será candidato a presidente e o PT terá que levar uma composição com Ricardo como possibilidade”.

Atolado numa crise na área de segurança e com a imagem arranhada, o governador Ricardo Coutinho sentiu hoje o quanto Veneziano é veloz.