Fale Conosco

Dono de muitos mandatos renovados graças generosidade do povo e ao legado do pai, Fernando Milanez Filho é o vereador de melhor visão do conjunto naquela Casa de Napoleão Laureano. E foram dele as proposituras para conceder títulos de cidadão pessoense ao ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso, e agora ao brilhante, ético e reserva moral desse País, Pedro Simon.

Milanez pensa muito, anda na frente dos pares e por isso muitas vezes sofre por antecipação ou comemora por antecipação.

No caso do caos que estamos vivendo, nos nossos encontros no shake de Ulysses Nogueira eu fui presenteado com avaliações de uma conjuntura que ainda estava por vir.

Sobre seu futuro na vida pública me confidenciou coisas que só poderei publicar com sua autorização.

Milanez é, de fato, uma figura ímpar. Quem, se não ele, conseguiria trazer o ministro da Justiça, hospedar em casa, entregar o título de cidadão e ainda levar até uma igreja para ser padrinho do casamento do filho?

Quem, se não ele, teria o estalo para conceder a Pedro Simon o título de cidadão e tirar dele declarações tão importantes num momento de crise aguda?

Penso que Milanez cumpriu sua missão na Câmara, onde foi presidente e revolucionou. Ele tem gabarito para ser um vice em qualquer uma das chapas postas.

Pode deixar a vaga para o filho Milanez Neto tocar o legado herdado do presidente João Pessoa, do pai, o ex-presidente da Assembleia Fernando Milanez.

Vejo Milanez viajando com sua Lide, uma dama de postura impecável. Mas, entendam, só de férias, pois sua vida pública está apenas começando e ainda tem muito a contribuir.

O que seria da nossa política sem os Pessoa Milanez?