Fale Conosco

Que cena hilária a evangélica Elisa Virgínia, mulher frágil e teoricamente inferior àquela tropa de choque de Agra e RC na Câmara, dando um “migué” na coletividade.

Soube que apesar de roliça Elisa se espremeu em uma cantinho até a hora em que meio que sem querer querendo soltou aquele torpedo que fez a secretária de Educação Ariane Sá tremer e o líder da bancada Bruno Farias corar de vergonha.

Que besteira a tropa de choque de Agra ficar blindando a secretaria de Educação. Isso sim é o que chama a atenção e deixa todo mundo com um mosqueiro atrás da orelha.

Porque Ariane, esposa de Lúcio Flávio, não pode ser convocada para explicar as piruetas desse contrato com a SP Alimentação?

Que tem boi na linha tem. Na verdade tem uma boiada.

Senhora secretária, cuidado com a Lei de Responsabilidade Fiscal.

Quero ser amigo dessa moça Elisa Virgínia. Deu um show! Fez sozinha o que a bancada inteira de marmanjos da oposição até hoje não conseguiu.