Fale Conosco

1. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) da Paraíba julgou, na tarde desta quinta-feira (11), improcedente a maior parte dos argumentos da Ação de Investigação Judicial Eleitoral 2007-51, conhecida como ‘Aije do Empreender’, e manteve a elegibilidade do ex-governador Ricardo Coutinho e da atual vice-governadora Lígia Feliciano, além de ex-auxiliares do governo.

2. Mais uma decisão do presidente Jair Bolsonaro causou polêmica no final da noite de ontem (11). O gestor federal afirmou que pode indicar o filho, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), para o cargo de embaixador do Brasil nos Estados Unidos. A definição, segundo o presidente, está nas mãos do próprio filho, caso ele aceite a indicação. Eduardo é atualmente presidente da Comissão de Relações Exteriores da Câmara dos Deputados.

3. O plenário da Câmara dos Deputados retomou no final da tarde desta quinta-feira (11) a votação da reforma da Previdência, que agora vai analisar os chamados destaques – propostas dos parlamentares de alterar pontos específicos do texto. Há forte pressão para que sejam abrandadas regras para mulheres, policiais, professores e beneficiários de pensão por morte.

4. O governador João Azevêdo se reuniu, nesta quinta-feira (11), no Palácio da Redenção, em João Pessoa, com dirigentes da empresa espanhola Aena Desarollo Internacional, que vai administrar os aeroportos Castro Pinto, na Grande João Pessoa, e João Suassuna, em Campina Grande, a partir de 2020. João Azevêdo apresentou os potenciais econômicos e turísticos da Paraíba, os quais foram enaltecidos pelos executivos, e ressaltou o interesse da Paraíba de estabelecer parcerias com a empresa espanhola, visando o fortalecimento de voos regionais e do turismo.

5. A audiência de instrução e julgamento dos envolvidos no processo da ‘Operação Cartola’ – que apura crimes relacionados à manipulação de resultados de jogos do Campeonato Paraibano de Futebol – terá seguimento no dia 25 de julho, às 14h, no Plenário do Fórum Criminal da Capital. Na ocasião, terá continuidade a oitiva de testemunhas iniciada na quarta-feira, quando foram interrogadas cinco delas.

Da redação