Fale Conosco

Se eu fosse Armando Abílio revia posturas, arriava bandeiras e deixava de ter idéias tão magras e capazes de lhe abreviar o que o destino conspirou para lhe trazer de volta à Câmara Federal.  

Quem conhece Abílio sabe que nem sempre ele tá Armando, nem sempre ele está amando, nem sempre ele está blefando.

Um político que tem como base eleitoral Esperança sabe que esta é a última que morre. Seu mandato terá vida longa se, ao invés de querer fazer do povo Bolinha, ele esbanjar vitalidade.

A partir desta terça feira, dia 7 de fevereiro de 2012, Armando Abílio é o equilibrista de sombrinha na corda bamba da política.

Pendeu para o lado errado, vapt! Embarca de volta no primeiro avião. Pendeu para o lado certo a titularidade lhe sorrir escancarada.

Armando Abílio é o político que vai ter que aprender a dançar frevo de sombrinha nesse carnaval.

Se eu fosse ele meditava na Nova Consciência ao invés de ser arrastado pelo Folia de Rua.

Para onde você acha que Armando e o seu PTB vão pender?