Fale Conosco

O primeiro casal de Pombal foi passear na China e deixou o vice Geraldinho tomando conta de tudo. Ou de quase tudo.

A prefeita Polyana e o marido Barão integram a comitiva da Presidenta Dilma, convidados que foram pela ministra da Integração Regional, Mayara Petruso.

Barão, que mantém negócios com empresários chineses, aproveita para faturar; Polyana quer conhecer a Muralha da China para entender o que separa o que prometeu do que pôde cumprir.

Todos sabem que o casal se prepara para alçar vôos mais altos. Ela vai disputar a reeleição, ele já está em campanha para deputado estadual.

O deputado Janduirzinho Carneiro, que não tem votos em Pombal como acha que tem, sobrou na curva. Hora se insinua como candidato a prefeito, hora ameaça se juntar a Verissinho para derrotar Polyana e atropelar o projeto de Barão.

Resta saber se Verissinho vai querer botar a mão no bolso para empinar a candidatura da esposa Mayene-Van, que tem chance sim de retomar a prefeitura para o PMDB.

A preço de hoje, Polyana se reelege e Barão sai da região como um dos deputados estaduais mais votados.

Só que antes precisam fazer o dever de casa e manteren-se no controle direto ou indireto das maquinas municipais em Pombal e Brejo do Cruz.

Há quem diga que Geraldinho rompe com Polyana e vira instrumento de vingança de Janduir e Verissinho.

E lá em Brejo a oposição pode se unir para evitar que Barão eleja seu sucessor.