Fale Conosco

Ivanes Lacerda (MDB) recebeu um belo presente no último dia 23 de agosto, dia de seu aniversário. O vereador foi eleito para presidir a Câmara de Patos e, consequentemente, assume também a prefeitura interina do município.

De acordo com o emedebista, uma auditoria deve ser feita para saber a real situação da cidade.

“Penso em exonerar todos os detentores de cargos comissionados e também os servidores contratados através de um decreto para que possamos começar a entender o tamanho da folha de pessoal e colocá-la dentro dos limites da Lei de Responsabilidade Fiscal. O prefeito Sales Júnior já vinha fazendo isso e nós vamos dar continuidade. Queremos ter um número de servidores que a folha suporte e atualmente ela é da ordem de R$ 600 mil. Precisaremos de medidas amargas”, explicou.

Ivanes declarou ainda que terá as portas da prefeitura abertas para os vereadores e que deseja ter com eles a melhor relação possível. O antecessor, Sales Júnior, renunciou dizendo que não conseguiu governar sem recursos e atribuiu à Câmara a demora excessiva na apreciação de um pedido de suplementação orçamentária.

“O poder legislativo municipal tem responsabilidade com o município e tenho certeza que a Câmara arcará com isso. Nossa relação será muito próxima e eu já me reuni no dia seguinte à eleição com os vereadores e disse que eles não precisarão sequer bater à minha porta. Eu pretendo governar junto com os vereadores e sei que eles não me negarão esse compromisso”, disse.

Da redação