Fale Conosco

De acordo os institutos de meteorologia, um novo ciclone extratropical deve chegar ao Rio Grande do Sul e avançar até São Paulo, entre a noite de hoje (06) até quarta-feira (08), gerando ventos de até 100 km/h e acompanhado de uma frente fria.

Depois da passagem do “ciclone bomba” pelo Brasil na semana passada, que deixou dez mortos e um rastro de destruição na região sul do país, brasileiros temem que a incidência de ciclones por aqui se torne uma constante. Naquela ocasião, os estados mais afetados foram o Rio Grande do Sul e Santa Catarina, o que deve se repetir com essa nova onda de chuvas e ventania.

O novo ciclone não é do tipo “bomba”, sendo, portanto, menos agressivo que o da semana passada. No entanto, os especialistas alertam para a possibilidade da ocorrência de ventos de até 100 km/h, que podem derrubar árvores e destelhar casas e outros estabelecimentos.

Além disso, em algumas cidades pode chover, em 24 horas, mais que o esperado para todo o mês de julho, o que deve ocasionar enchentes e alagamentos.