Fale Conosco

As novas regras para o cálculo do frete mínimo de transporte de cargas, que entraram em vigor no último sábado (20), provocou a insatisfação dos caminhoneiros. Reclamando que o acordo com o governo federal não foi cumprido, a categoria mobilizou cerca de 2 mil caminhoneiros em ao menos 15 grupos de whatsapp para a realização de protestos por todo o país nesta segunda-feira (22).

Na Paraíba, a paralisação já está acontecendo em vias da BR-230 de Campina Grande. Na alça Sudoeste estão sendo parados caminhões, exceto aqueles com carga viva, medicamentos e rações animais.

De acordo com o Diário de Pernambuco, um grupo de aproximadamente 10 caminhoneiros está protestando em Jaboatão dos Guararapes nesta segunda.

No Espírito Santo, cerca de 30 veículos foram colocados no meio da BR-101, em Viana, durante a madrugada. Alguns caminhoneiros abordaram condutores de outros veículos, solicitando que eles aderissem à manifestação, mas o grupo foi dispersado por viaturas da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e os veículos foram retirados do acostamento.

A mobilização da categoria acontece também em outras regiões do Brasil. Em Campos, no Rio de Janeiro, os caminhoneiros colocaram os veículos no acostamento da BR-101, porém a passagem dos veículos permanece liberada.

Da redação