Fale Conosco

O Secretário de Comunicação da Paraíba não compareceu ao debate acerca da permuta dos terrenos para a construção do shopping em Mangabeira, mas ligou para uma emissora de rádio para falar com os apresentadores e se queixar do apoio da API à luta pela liberdade de expressão na Paraíba.

Nonato disse que nenhum meio de comunicação na paraíba está sendo coagido ou impedido de publicar qualquer notícia sobre o Governo. Nonato disse que não há cerceamento e chamou os meios de comunicação e os Sindicatos dos Radialistas e Jornalistas a se reunirem e organizarem um debate sobre liberdade de expressão.

Nonato se queixou muito e disse que o Governo procurou a justiça contra ataques e acusações caluniosas por parte de jornalistas. Nonato citou, inclusive o nome de Rubens Nóbrega.

Em seguida, a Presidente da API, Marcela Sitônio, ligou para falar que já houve um debate para discutir a liberdade de imprensa e nenhum representante do Governo apareceu, mas afirmou que pode ser marcado, sim, um novo debate e ela espera que Nonato compareça.

Marcela foi corajosa e disse que cada governo deve responder por seus atos, ela disse que recebeu um documento de um grupo de jornalista e se pronunciou e vai se pronunciar sempre para defender a categoria porque ela foi eleita para isso.

Ela afirmou que seria estranho se ela enviasse nota defendendo o Governo.

Cá pra nós, Nonato fala manso, mas tem atitudes truculentas. Por falta de diálogo com a categoria o Governo RC tem perdido a guerra da comunicação sim.

O problema é que RC já é uma figura pedante e ao se arrodear de bajuladores foi blindado, assim como Cássio também foi um dia e dançou.

O detalhe é que Cássio era democrático e não gostava muito de processar jornalistas, mas Ricardo processa até por disputa em bola de gude e Nonato é sim o grande culpado, pois como jornalista devia lhe aconselhar em contrário, fazendo ponderações ao invés de atiçar.