Fale Conosco

O simples ato de higienizar as mãos se tornou ainda mais essencial em tempos de pandemia de covid-19 para diminuir os riscos de contaminação. Mas esse bom hábito serve não apenas para afastar o coronavírus. Trata-se de uma forma de prevenção de várias outras doenças. Para lembrar o Dia Mundial de Higienização das Mãos, celebrado em 5 de maio, o Hospital Universitário Lauro Wanderley, por meio da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH), orienta acerca da correta limpeza das mãos e da importância de se adotar a prática no dia-a-dia.

“Para nós, profissionais de saúde, este é um pequeno ato de grande importância. Um pequeno detalhe que faz toda a diferença. O ato de higienizar, eliminando os riscos de contaminação, não apenas garante uma boa técnica assistencial, garante que aquela instituição se preocupa com o que é mais importante: a saúde e a segurança do paciente”, declarou o gerente de Atenção à Saúde, José Eymard Medeiros Filho.

De acordo com o coordenador da CCIH e infectologista do HULW Francisco de Assis Silva Paiva, a higienização das mãos no ambiente hospitalar é uma das medidas mais eficazes para promover uma assistência segura aos pacientes, uma vez que as mãos são as principais ferramentas de trabalho dos profissionais de saúde.

Paiva lembra ainda que a higienização das mãos é o método mais prático, de menor custo e ao mesmo tempo um dos mais eficazes para prevenir a infecção hospitalar. “Manter as mãos higienizadas evita várias doenças, entre elas estão as infecções relacionadas à assistência à saúde (IRAS), além da covid-19, Influenza, hepatite A, gastroenterites, infecções em vias aéreas superiores, entre outras”, citou.

O infectologista passa algumas orientações: sempre higienizar as mãos antes e após o contato com o paciente, após utilizar o banheiro, antes das refeições, depois de manusear objetos próximos a pacientes e não esquecer de higienizar as mãos mesmo que esteja utilizando luvas. “A higienização das mãos em ambiente hospitalar, seja com água e sabão ou com álcool, deve seguir alguns passos e no tempo correto para que toda a superfície das mãos esteja limpa”, disse.

A CCIH realiza todos os anos campanhas para prevenção de infecções relacionadas ao âmbito hospitalar, ensinando os profissionais a higienizar as mãos. Com a pandemia, as ações ficaram mais restritas, no entanto algumas atividades educativas permanecem no calendário da Comissão.

“Como as aglomerações devem ser evitadas, estamos fazendo um vídeo educativo com alusão ao tema. A comissão também tem feito ao longo do ano atividades como palestras por videoconferência, além de orientações repassadas aos profissionais no cotidiano do trabalho”, explicou o coordenador da CCIH.

O médico lembrou que o mês de maio tem dois momentos importantes, sendo o dia 5 a data instituída pela Organização Mundial de Saúde como o Dia Mundial de Higienização das Mãos e o dia 15, celebrado o Dia Nacional de Controle da Infecção Hospitalar.

Higienização simples das mãos 

  1. Abra a torneira e molhe as mãos, evitando encostar no lavatório.
  2. Aplique na palma da mão quantidade suficiente de sabonete para cobrir toda a superfície da mão.
  3. Ensaboe as palmas das mãos, friccionando-as entre si.
  4. Esfregue a palma da mão direito contra o dorso da mão esquerda (e vice-versa), entrelaçando os dedos.
  5. Entrelace os dedos e friccione os espaços interdigitais.
  6. Esfregue o dorso dos dedos de uma mão com a palma da mão oposta (e vice-versa) em um movimento de vai-e-vem.
  7. Esfregue o polegar direito, com o auxílio da palma da mão esquerda (e vice-versa), utilizando movimento circular.
  8. Fricciona as polpas digitais e unhas da mão esquerda contra a palma da mão direita, fechada em concha (e vice-versa), fazendo movimento circular
  9. Esfregue o punho esquerdo com auxílio da palma da mão direita (e vice-versa), utilizando movimento circular.
  10. Enxágue as mãos, retirando os resíduos do sabonete. Evite contato direto das mãos ensaboadas com a torneira.
  11. Seque as mãos com papel-toalha descartável, iniciando pelas mãos e seguindo pelos punhos.