Fale Conosco

O deputado estadual, José Aldemir (DEM), apesar de ter votado favorável ao projeto de terceirização da Saúde na Paraíba, usou a tribuna na manhã de hoje para criticar a gestão da Cruz Vermelha, no Hospital de emergência e Trauma, senador Humberto Lucena, por ter demitido médicos como o Dr. Ronald farias, que denunciou o uso de furadeiras em cirurgias cranianas.

Para Aldemir a atitude da Organização Social foi irresponsável e inconsequente. “Não concordo com demissões arbitrárias como a do Dr. Ronald e do Dr. Tarcísio, que são grandes profissionais”, disse.

As declarações de Aldemir foram em resposta a nota do Sindicato dos médicos que reprovou por unanimidade seu posicionamento na votação da Medida Provisória que entregou serviços públicos essenciais as Organizações Sociais.