Fale Conosco

O que o republicanismo meritocrático da gestão Ricardo Coutinho produziu de bom até agora para os paraibanos?

Se muito esforço qualquer cidadão responderá que nada. Os mais céticos dirão que ainda é cedo; os escaldados dirão que dias piores virão.

Fiquemos então com o equilíbrio de um “quase nada”.

Na Saúde, por exemplo, tudo que se fez até agora foi para piorar e hoje a crise no Hospital de Trauma chegou ao gargalo e aqueles que tinham pedido demissão por argumentar falta de condições para gerenciar aquele hospital foram, a pedidos, exonerados.

O menos desavisado vai achar que o governador demitiu a diretoria do Trauma, mas, ao contrário, foi a diretoria quem se demitiu. O Trauma está traumatizado e em coma profundo.

Reveja as fotos que postamos na Semana Santa e descubra por que.

  • PARA REFLETIR: A via crúcis dos internos em enfermarias e corredores do Hospital de Trauma

    PARA REFLETIR: A via crúcis dos internos em enfermarias e corredores do Hospital de Trauma

    Que chance têm um paciente de sair ileso após se amontoar feito bicho em uma das enfermarias ou até corredores do Hospital de Trauma Senador Humberto Lucena?

    Veja a foto e me responda se parece ou não com um hospital de campanha, em plena guerra, ou então um atendimento emergencial após uma grande catástrofe tipo terremoto?

    Mostrada em uma Sexta Feira Santa, só nos resta rogar a Deus – o verdadeiro e não esse do Coletivo – dias melhores para os enfermos.

    Na verdade, para todos os paraibanos, pois qualquer um de nós poderá hoje ou amanhã cair enfermo nesse inferno. Que Deus nos proteja!

    Feliz Páscoa para todos!

    22 de Abril de 2011

    Postado às 11hrs, por Dércio | 9 pessoas comentaram

Comentários (9)

  • Karla comentou a 4 dias, 19 horas atrás:

    Pois é Dércio é uma pena! Nunca se viu isso em governo nenhum só no governo de Boca de Bode. Mas ele está fazendo o que prometeu em campanha: VOU FAZER NA PARAÍBA O QUE EU FIZ EM JOÃO PESSOA!!! em outras palavras: negligenciou a saúde no município, reduziu os salários dos funcionários, não deu aumento aos professores… BOA PÁSCOA DÉRCIO!QUE DEUS TENHA MISERICÓRDIA DE NOSSA PARAÍBA!

  • PACIENTE NA UTI comentou a 4 dias, 18 horas atrás:

    ESSA IMAGEM É DE ONTEM ,HOJE ESTA BEM PIOR,ISSO SEM CONTAR COM A ENFERMARIA QUE SE CHAMA HAITI ONDE ESTA BEM PIOR.CADE O MINISTÉRIO PÚBLICO?CADE OS POLÍTICOS ?CADEAS IGREJAS(PASTORES,PADRES……..),MAIS COMO DIZ O SECRETÁRIO DE SAUDE DO ESTADO NÃO PRECISA FICAR PREOCULPADO POIS OS MÉDICOS ,ENFERMEIROS E TÉCNICOS JÁ ESTÃO ACOSTUMADOS EM VER GENTE MORRENDO

  • LEANDRA LEAL comentou a 4 dias, 14 horas atrás:

    JÁ TRABALHEI NO REFERIDO HOSPITAL E POSSO DIZER COM TODA CONVICÇÃO E SINCERIDADE QUE AQUELE DITADO DE QUE TODOS OS POLÍTICOS SÃO IGUAIS NÃO É VERDADE!!! SOBRETUDO NA ÁREA HOSPITALAR ISSO É FACILMENTE CONSTATADO PELOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE. EU JÁ SABIA, EU VI O QUE RICARDO FEZ NO HOSPITAL SANTA IZABEL EM JOÃO PESSO, PRIMEIRO ELE SUCATEOU E DEPOIS LIMPOU OS APARELHOS E TRANSFERIU PARA O HOSPITAL QUE ELE “CONSTRUIU” EM MANGABEIRA, OU SEJA, HOJE O SANTA IZABEL NÃO É UTILIZADO NEM NA METADE DE SEU POTENCIAL E O DE MANGABEIRA É UM TRAUMA, OS PROFISSIONAIS DE LÁ SABEM DISSO!!!

  • Hianny R. Lacerda comentou a 4 dias, 14 horas atrás:

    O MAIS RIDÍCULO É ESSE CARA, O TAL GOVERNADOR DA PARAÍBA, VIR FALAR DE CAOS NAS FINANÇAS… ELE PENSA QUE TODO MUNDO É IDIOTA, É??? QUE CAOS É ESSE QUE SÓ APARECEU DEPOIS QUE ELE ASSUMIU??? COM O DINHEIRO QUE TINHA, OS MÉDICOS E OUTROS PROFISSIONAIS DE SAÚDE ESTAVAM RECEBENDO DIREITINHO, AS ESCOLAS ESTAVAM FUNCIONANDO N O R M A L M E N T E, O HOSPITAL DE TRAUMA DE CAMPINA GRANDE PRONTINHO E O ORÇAMENTO 2011 ESTAVA APROVADO COM A PEC DOS MILITARES E TUDO… ZÉ MARANHÃO CUMPRIU TODOS OS COMPROMISSOS DEIXADOS POR CÁSSIO E SEM FAZER ESSE ESTARDALHAÇO, ESSA PALHAÇADA… GOVERNADOR MUDA, MAS OS COMPROMISSOS DO ESTADO NÃO!!! AGORA TEMOS UM DITADOR QUE ÃPROVA O QUE QUER MAS USA O DISCURSO DE QUE NÃO TEM DINHEIRO QUANDO O INTERESSE É DO POVO… O INTERIOR TÁ FERRADO COM ELE E JOÃO PESSOA COITADA SÓ TEM OBRA PARA OS OLHOS VEEM, SERVIÇO BÁSICO QUE É BOM N A D A!!!! RICARDO COUTINHO, HAJA COMO UM CHEFE DE GOVERNO E NÃO COMO CANDIDATO, DEIXE DE PROMETER OU DE FALAR FIADO, FAÇA AS COISAS FUNCIONAREM… O POVO NÃO PODE ESPERAR CHEGAR PERTO DA PRÓXIMA CAMPANHA PRA TER OS SERVIÇOS BÁSICOS ATENDIDOS!!!!!

  • Bruno comentou a 3 dias, 21 horas atrás:

    E uma pena! Ate pq Saude e prioridade.

  • Dr.Fábioo comentou a 3 dias, 19 horas atrás:

    Com a diminuição do valor do plantão médico pago pelo estado. muitos médicos que tiravam plantões extras não estão mais realizando-os. Médicos com especialização em Emergências são difíceis de achar e por isso está ocorrendo uma diminuição da quantidade de pantonistas em todos os hospitais do estado. Em patos há dias que não há médico, o mesmo em Campina. Neste feriadão de semana Santa, só vai haver um cirurgião de plantão no Trauma no Domingo à noite. O CAOS está instalado e a culpa é de Ricardo Coutinho que diminuiu o valor dos plantões sem aviso prévio e sem discutir com a categoria.

  • LEANDRA LEAL comentou a 3 dias, 19 horas atrás:

    Sim, é verdade, tinha esquecido do HAITI… Vocês podem imaginar por que uma área num hospital é chamada pelos funcionários de HAITI ??? Ricardo Coutinho presta serviços de saúde pra o povo morrer mesmo, e o seu secretariado pensa que médicos e enfermeiros estão acostumados a ver seus pacientes morrendo como bichos, é ??? Sinto muito, se vcs RICARDISTAS não são seres humanos não pensem que todos trabalham assim também!!!!!! Nem todo mundo vendeu a alma aos demônios!

  • Osavaldo comentou a 3 dias, 11 horas atrás:

    O trauma começa entrar nos eixos, a questão dos pacientes nos corredores se dá por dois motivos: 1-A estrutura do hospital já épequena para a demanda do estado, deve-se pensar logo no aumento. 2-A categoria médica e SES travarão durante os 8anos de RCuma árdua luta, pois os médicos só pensam em salárioe boicotam o atendimento humanizado ao máximo.

  • Cansada comentou a 3 dias, 7 horas atrás:

    Era chamada de Haiti e só surgia nos feriadões. Agora já faz parte do dia-a-dia do hospital. Arrisco dizer que alguns desses pacientes estão deitados em uma maca sem colchão. É um setor que não tem banheiro próprio, quando chove há respingos. Mas calma ! Há outro setor pior, sabia ? Onde realmente se paga os pecados. Fica no primeiro andar. É a visão do inferno.