Fale Conosco

Imaginem as dificuldades que os prefeitos estão passando para manter a folha em dia, custear a máquina e honrar fornecedores e multiplique por dez o tamanho do problema que o prefeito de Santa Rita, Netinho, está enfrentando.

A insegurança jurídica faz com que todos olhem pra ele e vejam em seu rosto um ponto de interrogação, pois é hoje o prefeito e pode amanhecer vice.

Pela desconfiança tende a comprar tudo mais caro e a vista, pois não existe seguro na relação entre a iniciativa privada e o poder público.

E, pra completar, leva nas costas uma prefeitura falida pelos últimos dez gestores, mas tá no cargo e responde por todos os erros juntos.

Para pagar a folha em dia faz estrepolia. Sabotado pela Câmara, é o mais fiscalizado de todos e quando depende do Legislativo leva uma massada daquelas e ainda é assediado pela maioria dos vereadores que cobra gordo pedágio pela tramitação.

O que resta ao prefeito Netinho? Contar com a opinião popular e daí a minha sugestão para que realize assembleias populares por bairro e lá interaja com o povo para prestar contas, saber e realizar o que a maioria quer, sem intermediários.

Fazendo isso, percebam, Netinho terá acesso direto a opinião pública, se blinda e os vereadores ficarão chupando dedo.

Se o câncer de Santa Rita são os vereadores dessa legislatura, verdadeiro mascates, chegou a hora do prefeito extirpar.