Fale Conosco

 Quem pensava que a rebeldia de Luciano Agra (sem partido) tinha por trás apenas um roupante de coragem do ex-girassol quebrou a cara. 

Depois de servir de pau mandado do governador Ricardo Coutinho (PSB), o prefeit,o ao que tudo leva a crer,  só mudou o ‘chefe’ e agora está servindo a nada mais nada menos do que ao digníssimo Ministro Aguinaldo Ribeiro (PP). 

Luciano Agra foi orientado a romper com Ricardo Coutinho para ajudar o PP em 2012 e logo após em 2014. A estratégia é simples. Com um aliado (no caso o PT) dominando a prefeitura de João Pessoa e com a irmã, a deputada Daniella Ribeiro (PP) dominando a prefeitura de Campina Grande, seria muito confortável para Aguinaldo Ribeiro ser alçado ou candidato ao Senado Federal ou até mesmo ao Governo do Estado, pois estaria com as duas maiores máquinas do Estado nas mãos. 

Em troca dessa lambança toda, Luciano Agra teria assegurado ou a vice na chapa do PP ao Governo do Estado, ou uma cadeira garantida na Assembléia Legislativa da Paraíba ou quiçá na Câmara Federal. 

O fato é que PP, PT e PPS, antes aliados de Ricardo Coutinho decidiram se unir para tentar derrubar o rei, afinal, o pior inimigo é aquele que já foi seu amigo, e isso os três partidos citados já foram do PSB. O grupo age na estratégia de que a união faz a força para tentar derrubar o rei e ao mesmo tempo fazer do Ministro um mero sucessor de Ricardo Coutinho.