Fale Conosco

 

Não vou emitir minha opinião como jornalista. Que se dane a função que ocupo, faço agora o desabafo de um brasileiro que cresceu em meio ao ressurgimento da democracia neste país e que hoje assiste estarrecido ao mais absurdo abuso de Poder por parte de quem deveria  zelar pelos interesses do povo.

É nauseante ver a cara dos parlamentares que concordaram com esta vergonhosa palhaçada de aprovar um projeto, seja ele qual for, sob a proteção dos cassetetes que afastaram o povo das galerias. Vergonha, Durval! Muita vergonha mesmo, Sr. Presidente! Deixe o povo assistir o que vocês fazem. Ou até os senhores estão constrangidos?

Uma porta de vidro foi quebrada? Grande coisa! O que foi quebrado hoje foi o respeito pela livre manifestação do pensamento, com homens disfarçados colhendo a imagem de quem participou das manifestações.

Faz tempo que não falo com o presidente da Câmara de JP, mas certamente haverá uma oportunidade para ele esclarecer como foi feita esta votação, com que critérios se escolheu quem entraria no Legislativo e porque colocar a Polícia contra o povo? A não ser que as ordens não tenham vindo da Câmara, mas da prefeitura, ou até do Palácio da Redenção.