Fale Conosco

A agência espacial americana (Nasa) divulgou que Marte pode ter abrigado vida. O jipe-robô Curiosity, que estuda a superfície do planeta, recolheu e analisou uma amostra de rocha do local, identificado nela enxofre, nitrogênio, hidrogênio, oxigênio, fósforo e carbono, alguns dos ingredientes químicos essenciais para a vida.  

“Uma dúvida fundamental para esta missão era sobre a possibilidade de Marte ter sido um ambiente habitável”, disse Michael Meyer, cientista coordenador do Programa de Exploração de Marte, da Nasa, na sede da agência em Washington, nos Estados Unidos. “Pelo que sabemos agora, a resposta é sim.”

O Curiosity perfurou uma rocha e colheu seus detritos em fevereiro, em um área conhecida como Yellowknife Bay, a poucas centenas de metros do local onde descobriu, em setembro de 2012, ter abrigado um lago. A análise foi realizada graças aos instrumentos Sample Analysis at Mars (SAM) e Chemistry and Mineralogy (CheMin), acoplados ao robô.