Fale Conosco

As vanguardas são como fuzileiros que desembarcam primeiro nas praias do Dia D para levar o primeiro tiro, sofrer a primeira baixa, um olhar à frente, o drone que lança do alto o primeiro olhar.

Ser vanguarda não é fácil, mas não ser é quebrar os óculos e deixar a humanidade vendo embaçado, míope.

Cazuza viu o futuro repetir o passado em um museu de grandes novidades, sinalizando que mais uma vez àqueles que vão pra linha de frente, para outros ganharem os louros, precisarão desembarcar nas praias e mapear os campos minados. Andar na frente não é fácil!

No Brasil mergulhado no fascismo só a vanguarda é capaz de salvar a democracia, pois enxerga palmos adiante do nariz e tem de verdade o patriotismo , obstinação e coragem que o momento requer.

Salvem-nos, vanguardas!

Dércio Alcântara.