Fale Conosco

O Ministério Público da Paraíba abriu inquérito civil para investigar possível prática de ato de improbidade administrativa praticado pelo presidente da Câmara Municipal de Cacimbas, José Pereira Oliveira. De acordo com a denúncia, José teria recebido, durante o exercício financeiro de 2017, remuneração superior ao limite imposto pela Lei Orgânica do Município.

A abertura da investigação foi tornada pública na edição de ontem do Diário Oficial do MPPB. A responsável pelo processo é a promtora Erika Bueno Muzzi.

Da redação