Fale Conosco

A Prefeitura de Guarabira está sendo investigada pelo Ministério Público da Paraíba por possível sobrepreço na aquisição de máscaras de proteção facial N95 PFF2. Para apurar a denúncia, o MP já havia solicitado contratos, empenhos e notas fiscais, mas a gestão municipal não atendeu ao pedido integralmente, segundo o processo. A Prefeitura encaminhou apenas notas de empenho, comprovantes de pagamento, recibos e notas fiscais junto à empresa Shop Grupo S.A.

Com isso, o MPPB transformou a Notícia e Fato em Inquérito Civil Público, e deu prazo de 15 dias para que a gestão de Marcus Diogo apresente a documentação completa com os procedimentos de dispensa de licitação e pesquisa de preço, referentes à aquisição das máscaras de proteção. A portaria da investigação foi publicada no Diário Oficial Eletrônico do MPPB, dessa segunda-feira (5).