Fale Conosco

O Ministério Público da Paraíba está investigando três denúncias de superfaturamento na aquisição de medicamentos e equipamentos de proteção individual contra a covid-19 nos municípios de Itabaiana e Salgado de São Félix.

Em Itabaiana, duas investigações apuram a compra de medicamentos para tratamento dos pacientes infectados pelo coronavírus e a compra de equipamentos de proteção individual a serem utilizados para a prevenção dos profissionais de saúde em razão da pandemia. Em ambos os casos, as compras teriam sido realizadas com valor acima do de mercado, ou seja, com sobrepreço.

Para averiguar a denúncia, o promotor Fernando Cordeiro Sátiro Júnior determinou que a Secretaria de Administração do município envie em 30 dias o procedimento que resultou na contratação da empresa Drogaria Drogavista. No mesmo prazo, a Secretaria também terá que informar ao MPPB o procedimento de contratação da Gradual Comércio e Serviços Eirelli.

Já em Salgado de São Félix, o alvo da investigação é a possível compra superfaturada de equipamentos de proteção facial. Neste caso, o promotor determinou o envio do procedimento ao Núcleo de Apoio Técnico do Ministério Público da Paraíba, para que seja informado se os preços praticados pelo município na aquisição de produtos para combate a pandemia causada pela Covid-19 estão em consonância com os valores regulares de mercado.