Fale Conosco

O Ministério Público Federal da Paraíba (MPF-PB) instaurou, nesta terça-feira (1), dois procedimentos investigatórios para apurar possíveis irregularidades na área de educação do Estado. O primeiro procedimento diz respeito à contratação de empresa por uma escola do município de Assunção. Já o segundo é referente à adequação da Biblioteca Central da Universidade Federal de Campina Grande às normas de combate a incêndio.

Os inquéritos foram abertos pela Procuradora Acácia Soares Peixoto Suassuna e ambos têm prazo para conclusão de um ano.

Da redação