Fale Conosco

O Ministério Público Federal (MPF) na Paraíba instaurou inquérito civil público para apurar denúncia de que o general do Exército Brasileiro e Chefe da Coordenação da Operação Carro Pipa do Comando Militar do Nordeste, Pedro Antonio Fioravante Silvestre Neto, teria, supostamente, informado que suspenderia a Operação Carro Pipa, que abastece a população local com água potável, caso esta não houvesse a concessão de um alvará sanitário aos
pipeiros selecionados pelo Exército Brasileiro.

De acordo com o documento, publicado na edição desta terça-feira (28) do Diário Oficial do órgão, o caso aconteceu no mês de novembro de 2018.

Da redação