Paraíba

MPF investiga possível crime ambiental em área de preservação permanente de Patos

O Ministério Público Federal na Paraíba instaurou inquérito civil para investigar possíveis ocupações irregulares em áreas de preservação permanente e o lançamento de resíduos sem tratamento no Rio Espinharas no município de Patos.

A portaria que instaura a investigação foi instaurada nesta sexta-feira (19) no Diário Oficial do MPF.

Da redação

Tags: Tags: