Fale Conosco

O Ministério Público na Paraíba, deverá em breve, abrir Inquérito Civil Público em desfavor do deputado federal Aguinaldo Ribeiro, aliado do Governo Temer, com a finalidade de apurar irregularidades e o uso indevido da Caixa Econômica Federal na Paraíba, que segundo suspeitas do MPF vem sendo constantemente utilizada por este parlamentar em benefício próprio e de seus apoiadores políticos.

Há fortes indicativos de que o Superintendente da Caixa Econômica Federal na Paraíba, o Sr. Marcus Vinícius, venha favorecendo sucessivamente o deputado Aguinaldo Ribeiro patrocinando e priorizando os pleitos deste parlamentar em detrimento de outros; eis que neste sórdido jogo de privilégios e favorecimentos se configura claramente o ato de improbidade administrativa, por se tratar a CEF de uma empresa estatal (uso da máquina administrativa com o intuito do favorecimento pessoal de amigos, parentes e/ou pessoas próxima).

Ora, por estas e por mais associações lógicas, no caso em tela, se sustentam com enorme grau de razoabilidade as suposições do MPF, se consideradas as condições nas quais aconteceram a indicação do Sr. Marcus Vinícius, o qual fora coincidentemente indicado para o cargo de Superintendente Regional da CEF na Paraíba pelo deputado federal Aguinaldo Ribeiro.

Se tem, conhecimento, ainda de que as determinações da Superintendência da CEF na Paraíba, na pessoa do Sr. Marcus Vinícius, tem acontecido de forma recorrente,
O Superintendente da CEF, tem trabalhado incansavelmente como escudeiro fiel do deputado Aguinaldo Ribeiro.

Por estes dias, no sentido de dar prioridade absoluta aos pleitos do parlamentar, providenciou a rápida liberação para o município de Cajazeiras, de montante da ordem de R$ 3.500.000.00 (três milhões e meio de reais). Tudo isto com o intuito de atender prontamente às solicitações do deputado Aguinaldo Ribeiro, seu padrinho político.

Deste modo, os outros municípios que há tempos esperam na fila, contam apenas com a morosidade e a ausência da resolutividade de seus pleitos (os quais também são urgentes e em mesmo grau de importância) que vão sendo relegados à segundo plano para que as barganhas políticas ganhem cada dia mais força.

O tráfico de influências, corre à rédea solta na Paraíba; enquanto nos bastidores as alianças vão sendo delicada e artesanalmente tecidas e custeadas com recursos públicos, políticos, à exemplo do deputado federal Aguinaldo Ribeiro, consolidam a sua imagem perante a população.

Em Cajazeiras, cidade do interior do estado, as práticas da velha política não vêm acontecendo de modo diferenciado, o fluxo do toma lá, dá cá, continua seguindo em linha reta.

Ocorre que o prefeito daquela localidade, o ex-deputado estadual José Aldemir Meireles, na triga de eleger a esposa ao cargo de deputada estadual nas eleições vindouras deste ano, está trabalhando arduamente para angariar apoios com vistas a fortalecer cada vez mais a campanha do amigo Aguinaldo Ribeiro de quem é apoiador político fidedigno.

Em contrapartida o prefeito cajazeirense tem recebido aprovação imediata de todas as solicitações de emendas parlamentares. que vem pleiteando junto ao deputado Aguinaldo Ribeiro; em aprovadas as emendas os louros da vitória são automaticamente repassados à Dra. Paula Francinete (primeira dama e pré-candidata à uma vaga no legislativo estadual).

Assim, o ciclo se fecha, uma mão lava a outra e todas juntas se sujam na correnteza de lamaçal dos interesses individuais que correm em direção oposta às águas límpidas dos interesses coletivos.