Fale Conosco

Conselho Superior do Ministério Público da Paraiba autorizou em reunião, ontem, apoiar todas as medidas jurídicas necessárias que se façam necessárias para que sejam reparados os cortes orçamentários adotados pelo Governo do Estado no exercício do próximo ano, assim como se registrou em diversas outras instituições, a exemplo da UEPB.

Desde ontem, o Procurador Geral de Justiça, Bertrand Asfora, tem se reunido com a Mesa Diretora do Ministério Público estudando meios legais, portanto, recorrendo-se à Justiça Estadual, visando recompor as projeções orçamentárias sem as quais o órgão sofrerá impactos negativos na execução dos programas normais.

Procurado pela reportagem do WSCOM, o Procurador Bertran Asfora não quis falar sobre o assunto, mesmo assim outros Procuradores disseram que a situação é crítica diante dos cortes anunciados.

wscom