Fale Conosco

A conversão da Medida Provisória da Liberdade Econômica – que vai da desburocratização do comércio à regulamentação da portaria que autoriza trabalho aos domingos e feriados -, corre sério risco de caducar, ou seja, de não ser votada e de não virar lei.

A medida expira em 10 de setembro e o texto do projeto, do relator Jerônimo Goergen, precisa ser votado nos plenários da Câmara e do Senado.

Nesse período, os senadores estarão envolvidos com dois assuntos cabeludos: a reforma da Previdência e a indicação de Eduardo Bolsonaro para a embaixada dos Estados Unidos.

“A parte técnica já está resolvida, mas falta vontade política do governo. Tempo para aprovar ainda tem”, disse Goergen.

A informação é da coluna Radar da Veja.

Da redação