Fale Conosco

Um dia inteiro de solidariedade e protestos em todos o Brasil promovido pela CUT, MST e UNE. O que começou ainda de madrugada, quando sindicalistas abordaram parlamentares que embarcavam para Brasílai nos aeroportos do Brasil, acabou em confronto com gente ferida e até o deputado Vicentinho recebeu spray de pimenta nos olhos.

Pelo Brasil foi tudo tranquilo, mas em Brasília os sindicalistas que protestavam em frente ao Congresso Nacional, e que entraram em confronto com policiais militares, não tiveram um dia exatamente tranquilo.

Parte do grupo foi para a entrada do anexo, local que dá acesso às comissões. Eles protestavam contra o Projeto de Lei 4330/2004, que regulamenta a terceirização e estava marcado para ser apreciado hoje (7), na Câmara dos Deputados.

Acabaram entrando em confrontocom a polícia, e alguns deles levaram a pior, como um sindicalista que acabou com um corte na teste provocado, segundo ele, pelo golpe de cassetete de um PM.

Por volta das 16h30 os organizadores do movimento retiraram o carro de som da frente do prédio do Parlamento. O deputado federal Vicentinho, como vemos na foto, saiu com os olhos ardendo pelo spray de pimenta de um dos policiais.

Mas, as entidades avaliaram como satisfatórioo o dia de solidariedade a presidenta Dilma, posiconando-se contra o impeachment e contra a reforma fiscal.