Fale Conosco

Uma movimentação estranha está sendo registrada desde o final da manhã desta sexta-feira (29) na sala do presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, Abran Linconl. Segundo informações obtidas com exclusividade pelo blog, estão em uma mesma sala o presidente do Tribunal, o marido da deputada Daniella Ribeiro (PP) e um assessor jurídico da Corte. Ao que tudo indica, o trio está bolando um planto para dar uma rasteira nas intenções do Partido dos Trabalhadores de lançar candidatura própria na Rainha da Borborema.

Ontem o PT conseguiu uma liminar que anulou a reunião que oficializou o apoio da legenda a pré-candidatura de Daniella Ribeiro. Sem o PT, a candidatura da pepista em Campina Grande fica fadada ao iminente fracasso, já que não poderá contar com o apoio de grandes legendas e terá que se contentar apenas com o apoio de nanicos.

O marido da parlamentar tenta persuadir a Corte para emitir uma nova decisão que derrube a liminar do juiz da 5ª Vara Cível de Campina Grande. Ainda não se sabe quais artifícios que os magistrados alegaram para passar por cima da decisão de um colega.

É mais uma vez o judiciário tentando ditar as regras do jogo – NO TAPETÃO.