Brasil

Ministros do STF analisam relato que Moro fez do grampo de Lula; Temer vê prova de que nunca articulou ‘golpe’

Ministros do STF recuperaram a íntegra da manifestação que Sergio Moro, quando juiz, enviou a Teori Zavascki após divulgar grampos de Lula com a então presidente Dilma Rousseff. Um trecho os intrigou. O que descreve as conversas captadas.

O ex-juiz diz que vários grampos sugerem que o petista havia aceitado o cargo de ministro para obter foro especial mas, em seguida, escreve: “Há diálogos em um e outro sentido”, e menciona dois telefonemas em que aliados ressaltam a tentativa de Lula de salvar o governo.

Michel Temer reagiu de maneira inusitada à revelação, na Folha, de que teve diálogos com o ex-presidente Lula gravados pela PF em meio ao impeachment de Dilma Rousseff. “Onde é que está o golpista? Eu estava ali falando de reatar as relações do governo com o MDB. Cadê o golpe?”, comentou com pessoas próximas.

A informação é da coluna Painel da Folha de São Paulo.

Da redação

Tags: Tags: