Fale Conosco

A Justiça Federal da Paraíba recebeu nessa sexta-feira (05) pedido de liminar para que sejam determinadas medidas de divulgação detalhada dos dados da vacinação contra a Covid-19 em João Pessoa. Na liminar, ainda é destacado o respeito à ordem de vacinação de idosos e trabalhadores da linha de frente em todo o estado. A iniciativa partiu dos três ramos do Ministério Público da Paraíba (federal, estadual e do trabalho) e envolvem órgãos como a Secretaria de Estado da Saúde, o Município de João Pessoa e um hospital particular da capital.

O objetivo dessas providências requeridas por meio de liminar é garantir o cumprimento dos critérios técnicos cabíveis e a máxima transparência. Na petição, os MPs relatam distorções de informações entre a Secretaria de Estado da Saúde e a Secretaria Municipal de Saúde de João Pessoa quanto à amplitude do público de trabalhadores da saúde, além da falta de planejamento das vacinações. Para os órgãos ministeriais, a interpretação ampliada do conceito de trabalhador em saúde viola as diretrizes do plano nacional de imunização, que visaram atender, primordialmente, os que se sujeitam a maior risco de morte, além de preservar a força de trabalho nos serviços de saúde.