Fale Conosco

Com o quarto prefeito em menos de quatro anos, o município de Patos foi alvo nesta terça-feira (4) de diversas vistorias e fiscalizações em unidades de saúde pública e hospitais privados. A ação foi coordenada pelo Ministério Público da Paraíba e pela Promotoria de Justiça da cidade (MPPB), em parceria com Vigilâncias Sanitárias, Corpo de Bombeiros e Conselhos Regionais de Medicina, Farmácia e Enfermagem.

O objetivo é verificar as condições de atendimento e de funcionamento oferecidas aos pacientes e aos profissionais de saúde que atuam nesses serviços.

Os órgãos envolvidos estão verificando o cumprimento de normas relativas a questões sanitárias, a existência e o cumprimento de protocolos de segurança do paciente do Ministério da Saúde, como também, questões relacionadas à estrutura dos prédios onde os serviços funcionam.

Durante o primeiro dia, casos de notificações por irregularidades como falta de documentos obrigatórios e a interdição de setores em Unidades Básicas de Saúde (UBS) foram confirmados.

Da redação