Notícias

Ministério Público Eleitoral pede a impugnação do registro de candidatura da prefeita de Pombal

O Ministério Publico eleitoral pediu a impugnação do registro de candidatura da petista Polyana Feitosa, que disputa à reeleição no município de Pombal, Sertão do Estado.

A promotoria alega que a prefeita não poderia competir à reeleição pois de 2004 a 2008 ocupou o cargo de primeira dama e de 2008 até 2012, ocupou a titularidade do mandato, na qualidade de prefeita eleita.

Assim, a promotoria entende que a disputa à reeleição de Feitosa entraria como uma espécie de terceiro mandato na família, o que é vetado pela legislação eleitoral. Parentes próximos não podem suceder os familiares.

Na ação, o MP ainda pede a impugnação da coligação encabeçada pela candidata à reeleição.

A decisão ainda cabe recurso. O vereador Josival Feitosa pode ser o substituto dela na disputa. Ele é ex-cunhado da atual prefeita.