Fale Conosco

O deputado federal Veneziano Vital do Rêgo, que atualmente ainda é filiado ao MDB, confirmou que vai marcar presença, nesta sexta-feira (23), no café da manhã promovido pelo senador José Maranhão (MDB) para debater as estratégias políticas da sigla para o pleito deste ano, porém deixou claro que continua em aberto sua permanência ou não nos quadros da legenda.

A definição está prevista par ao final de março, porém, dependendo das conversas realizadas durante a reunião, o jogo pode virar. Tudo isso porque o MDB vai contemplar cada deputado federal que disputará a reeleição com uma bagatela de R$ 1,5 milhão. Já o candidato a senador pelo partido, Raimundo Lira, deverá embolsar R$ 2 milhões.

Apesar das cifras, Veneziano avisou que elas não serão o ponto chave da sua decisão e que, caso permaneça na legenda, não será ela o motivo.

“Não muda nada em relação ao que eu sempre disse. A decisão de sair ou não no MDB não está minimamente vinculada ao que o partido destinará aos seus integrantes competidores. Não terá relação nenhuma com a decisão que iremos tomar”, avisou.

O ex-cabeludo disse que quer ouvir o senador Maranhão sobretudo sobre as estratégias para o MDB não sair isolado na disputa, assim como fez em 2014.

“A gente vai querer ouvir, e espera ouvir do senador Maranhão, quais são as suas estratégias, o que é que está sendo desenvolvido para atrair novas parcerias, vai ser por aí”, adiantou.

Além de Veneziano, estão confirmadas as presenças no café da manhã desta sexta-feira, os deputados Hugo Motta, Raniery Paulino, Nabor Wanderley e Ricardo Marcelo.

O ex-deputado federal e vice prefeito de João Pessoa, Manoel Júnior, não foi convidado para o evento porque não irá disputar eleição esse ano.

 

Fonte: PBAgora