Paraíba

Marcos Vinícius usa redes sociais para destacar Parque Ecológico do Sanhauá

O vereador pessoense, Marcos Vinícius (PSDB), usou seu perfil nas redes sociais nesta quinta-feira (21) para destacar a importância do anúncio do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, dando conta da construção do Parque Ecológico do Sanhauá.

“Com a visão de quem reconhece a importância de preservar os espaços coletivos e históricos de uma cidade como João Pessoa, o prefeito Luciano Cartaxo autorizou na manhã de hoje o início das obras do Parque Ecológico do Sanhauá, no Centro Histórico”, disse Marcos.
O parlamentar destacou ainda que “tão importante quanto preservar nosso patrimônio histórico é cuidar das pessoas, o prefeito ainda apresentou um programa que vai garantir moradia para todos que hoje vivem na Vila Nassau”, disse o tucano. “Aqueles que temiam por ficar sem teto encontraram na prefeitura de João Pessoa o amparo para uma vida mais digna”, completou.

“Após importantes ações desenvolvidas na revitalização do Centro Histórico, como: construção do Parque da Lagoa, revitalização da Praça da Independência, o Hotel Globo, a Casa da Pólvora, as praças João Pessoa e 1817, o Conventinho, o Pavilhão do Chá, e promove e os Casarões no Varadouro, nosso prefeito foca no novo parque da Capital que terá uma grande área de convivência que dará solução para a questão ambiental de área de risco às margens do Sanhauá, valorizando ainda mais a área onde a Capital iniciou sua história e se unirá a uma série de outras intervenções”, arrematou Marcos.

Com o custo estimado em R$ 11,6 milhões, a área total do Parque Ecológico do Sanhauá é de 193.354 m² e a área construída será de 25 mil metros quadrados, entre áreas urbanizadas e equipamentos. O novo espaço público da Capital contará com praça, mirante, elevador panorâmico, passarela elevada sobre o mangue, ciclovias, calçadas requalificadas e estacionamento com 80 vagas. Toda a região receberá iluminação em LED e respeitará as normas de acessibilidade. As edificações serão mínimas e não invasivas para garantir a regeneração ambiental da região. Os recursos são provenientes de uma parceria também com o Governo Federal.

Tags: Tags: