Fale Conosco

O relator do recurso do prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital do Rego (PMDB), corregedor eleitoral João Batista, bem que tentou convencer a Corte Eleitoral a cassar o mandato do cabeludo, mas o juiz,  Márcio Accioly, não se convenceu com os argumentos do colega e disse que o caso é bastante complicado, merecendo um pedido de vista.

Para o relator, independente da origem das doações que Rômulo considera ilegais, estas são um crime. “Ora, se a empresa queria ter doado, teria feito diretamente…e não por meio de terceiros…”, disse o juiz, destacando também que se os recursos são de origem pública também haveria crime, em seu entendimento.

O resumo da ópera é que o caso precisa ser estudado com cuidado e quem chegou a comemorar vitória no voto do relator terá que ter paciência para aguardar o desfecho deste julgamento.