Fale Conosco

Paciente, o presidente do PMDB, Zé Maranhão, tem respondido a todos que lhe perguntam sobre o destino de Wilson Santiago o seguinte: “2014 ainda está longe”.

O ex-governador refere-se ao fato de estarmos distantes um ano e meio das convenções e que não faz sentido alguém querer fechar a chapa faltando tanto tempo.

A única coisa que já está definida, diz com aquela paciencia zem, “é o nome do nosso candidato ao governo e esse é Veneziano”.

O engraçado nisso tudo é que Wilson tem pressa em acelerar o debate para defini-lo como candidato a senador, mas em nenhum momento acena com a possibilidade de o filho Wilsinho abdicar da reeleição para disputar uma vaga de deputado estadual.

Aliás, é aí que reside todos os problemas da insonia de Gervasinho. Se Wilson não for candidato a senador ele se ferra na dobradinha com Wilson Filho em dezenas de municípios, pois o parceiro vira concorrente.