Fale Conosco

O vice-prefeito Manoel Júnior (PMDB) defendeu nesta quarta-feira (04) a união das oposições em torno de um único nome. Para o peemedebista, o nome de Luciano Cartaxo (PSDB) contemplaria o PMDB, afinal o partido ficaria governando a única capital do nordeste. “Com certeza isso pesa, não só no PMDB nacional, se assim ocorrer, o PMDB terá a única prefeitura de capital do nordeste. Eu tenho certeza que dentro desse contexto o PMDB não vai querer ficar isolado como ficou em 2014”.

Questionado sobre a declaração de Romero Jucá, presidente interino do PMDB, que não estava prevendo candidato próprio na Paraíba e o conseqüente declaração do senador José Maranhão que seria candidato em 2018. Manoel Júnior saiu-se: “Essa possibilidade eu não coloco na mesa, porque ou Maranhão sai, ou Luciano sai, ou Cássio , Romero”, frisou, explicando que concorda com Maranhão que a Executiva Nacional faz uma análise global, por isso pode ter entendido que o partido não teria candidatura na Paraíba. Mas há nomes da oposição para o pleito de 2018 e esses nomes devem confluir para um só nome.

“Nós já temos alguns candidatos que estão postos. O nome de Maranhão dentro do contexto do PMDB do estado está dentro do campo das oposições. O PMDB, o PSD, o PSDB, tem nomes para o governo do estado. O nome de Maranhão, de Cássio, Luciano e Romero, estão postos dentro desses nomes da oposição. No momento certo em 2018 estaremos com os dados das pesquisas qualitativas e quantitativas definindo o candidato”.

 

Fonte: Vanderlan Farias